Sábado, 17 de Agosto de 2019

Mais lidas da semana

28/10/2013 - Barueri - SP

Tarzan promove palestra na Câmara Municipal sobre doação de órgãos





da assessoria de imprensa da Câmara de Barueri

A Câmara Municipal de Barueri recebeu, na quarta-feira, 23, a palestra "Doação de Órgãos", evento realizado em atenção à Lei 2.283/13, de autoria do vereador Tarzan (PMDB), que insere no calendário oficial de Barueri a "Semana de Doação de Órgãos e Tecidos".

 
O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos, um gesto de generosidade que salva vidas.
"A doação de órgãos é um gesto de amor que depende da autorização da família. Por isso, é importante que as pessoas comuniquem em vida seus familiares sobre este desejo”, lembrou Tarzan, anfitrião do evento.


Para reforçar a importância do gesto, a atividade contou com o depoimento do pediatra Breno Santana Leite, que trabalha em Barueri. Ele recebeu um transplante de coração em 2007 e falou sobre a angústia de quem aguarda por um órgão para poder sobreviver.
"Meus amigos e familiares sofreram comigo na fila de espera. E sei que hoje há milhares de pessoas na mesma situação e que aguardam uma oportunidade para continuarem suas vidas", discursou.
"Nas minhas frequentes internações, conheci pessoas que aguardavam órgãos para doação, como rins, fígados e pulmões. Vi muitos perderem a vida nesta espera", completou Dr. Breno, que recebeu o coração depois de cinco meses na fila.

Palestras
Doutor especialista em Cirurgia Cardiovascular e médico da Divisão Cirúrgica InCor (Instituto do Coração), Ronaldo Honorato Barros Santos considerou oportuna a criação da Semana de Doação de Órgãos e Tecidos para que a população tenha acesso a mais informações sobre o tema.
Dr. Ronaldo explicou o conceito de morte encefálica (a partir do qual a família pode permitir a doação de órgãos e tecidos) foi desenvolvido na década de 1960.
"É muito difícil para a família compreender quando o médico decreta a morte de alguém que ainda tem o coração batendo e a pressão arterial sob controle", lembrou. "A morte encefálica é um processo biológico que não pode ser freado. Os órgãos vão paralisando gradativamente", completou.
De acordo com o médico, um único doador pode beneficiar mais de 10 pessoas que estão na fila de espera, doando rins, fígado, coração e córnea, entre outros.
Ele ressaltou que a recusa no Brasil é pequena quando comparada a outros países. Apenas cerca de 20% das famílias brasileiras não permitem a doação dos órgãos. “Porém, a estrutura para acolhimento dos doadores ainda é insuficiente. São poucas equipes para atender o país inteiro”, lamentou o médico.

Coração
Sandrigo Mangini, doutor em Cardiologia e médico do Núcleo de Transplantes do InCor e da unidade de terapia intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, falou sobre insuficiência cardíaca, principal mazela que demanda transplantes.
"É a linha final do mau funcionamento do coração, que vem após várias agressões que o coração sofre ao longo da vida: estresse, tabagismo etc", explicou.
De acordo com o médico, a população em geral ainda não tem consciência de quão sério são os problemas no coração.
"O diagnóstico de insuficiência cardíaca é tão grave quanto o de um câncer. Por isso, é importante se preocupar e tratar adequadamente. Um diagnóstico precoce permite um tratamento mais adequado e aumenta a chance de sobrevivência do paciente", completou.
Dr. Sandrigo mostrou ainda um dado preocupante: quase 50% dos pacientes em estado grave morrem antes de receber um transplante de coração. "Daí a importância de aumentarmos o números de doadores de órgãos no país", alertou.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Barueri Fácil.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Barueri

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

Os serviços de uma loja de (Aluguel de louças para festas) são indicados para todas as situações em que se deseja reunir uma quantidade considerável de pessoas.A busca da praticidade, conveniência e também com uma dose de redução de custos, originou este tipo de negócio que vem trazer soluções para os organizadores desses eventos



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.